Agnaldo da Saúde e Márcio Marinho inauguram a “Rádio Câmara 90,9 FM” de Teixeira de Freitas

unnamedNuma concorrida cerimônia na noite deste sábado (03/06), no plenário da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, foi inaugurada e autorizado o início da programação da 1ª Rádio Câmara FM do norte/nordeste do Brasil. O presidente da Câmara Municipal, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR) e o secretário de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, deputado federal Márcio Carlos Marinho (PRB) acionaram o botão que ativou a programação definitiva da emissora, inclusive com a exibição de um vídeo institucional para os presentes.

Entre os presentes estavam os vereadores da casa, vereadores das cidades vizinhas, secretários municipais, o presidente da Câmara Municipal de Mucuri, vereador Jose Mendes Fontoura, o “Zé do Boi” (PMDB), o presidente da Câmara Municipal de Ibirapuã, vereador Gilmar Alves de Oliveira (PP) e o juiz eleitoral da comarca Humberto Marçal. Além da presença do gestor nacional da Rede Legislativa de Rádio e Televisão, Alexandre Carrijo Franco. O prefeito Temóteo Brito (PSD) foi representado pelo secretário municipal de Agricultura, Dorivaldo de Almeida Neves, o “Dori”.

O processo de instalação da emissora foi relativamente rápido. Em junho de 2013, a Câmara Municipal através do então presidente Ronaldo Alves Cordeiro assinou o projeto de intenção e em janeiro de 2014 contratou uma empresa de engenharia para a confecção do projeto técnico de instalação. No mês seguinte, Teixeira de Freitas entregou à Câmara dos Deputados o primeiro projeto técnico da Rede Legislativa de Rádio na busca pela concessão da 5ª Rádio Câmara do Brasil e a 1ª do norte/nordeste do país.

rad4

O acordo de cooperação técnica foi assinado no dia 18 de agosto de 2015, pelo então presidente Tomires Barbosa Monteiro. A Portaria de autorização de funcionamento da emissora foi publicada no Diário Oficial da União na versão impressa na terça-feira do dia 10 de maio de 2016 sob o nº 1.218 de 4 de maio de 2016, que já havia sido publicada na versão online pelo Ministério das Comunicações do Brasil na sexta-feira do dia 6 de maio de 2016. A autorização de outorga de concessão para funcionamento da Rádio Câmara 90,9 FM para Teixeira de Freitas, por meio do processo de consignação nº 53900.014037/2014-41 de nº 86, foi publicada no dia 6 de junho de 2016.

A Rádio Câmara é um serviço de radiodifusão sonora em frequência modulada (FM), aberto pelo canal 215 e opera inicialmente pela classe B1 (3 Mil Watts de Potência no seu Transmissor) e tem a sintonia na frequência 90,9 MHZ. A emissora é um veículo estatal e é mantida e dirigida pela Câmara Municipal de Teixeira de Freitas e a sua gestão é do presidente do Poder Legislativo Municipal.

Foi nestes primeiros 5 meses do primeiro semestre da gestão 2017/2018 da Câmara Municipal, sob a presidência do vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, que a Rádio Câmara FM ganhou toda sua estrutura técnica e funcional. Tendo recebido a sua licença definitiva de funcionamento neste último sábado do dia 3 de junho de 2017, exatamente na data da cerimônia de sua inauguração. Data que a emissora ficou pronta para operar e estrear sua programação local com um selecionado time de profissionais formado por radialistas e jornalistas habilitados.

rad3

O presidente da Câmara Municipal, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, disse que a chegada da Rádio Câmara FM significa a democratização dos veículos e da democracia na comunicação social e, informou que a Rádio Câmara já é um patrimônio do povo de Teixeira de Freitas. “Nós recebemos o desafio e de pronto, aceitamos em consolidá-lo porque Teixeira de Freitas tem em seu DNA, o rádio. Isso expressa mais uma contribuição em favor da transparência do serviço público e da cidadania”, disse o presidente Agnaldo.

O secretário de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, deputado federal Márcio Marinho, que também é radialista, festejou a conquista e destacou que a emissora é a voz do cidadão e se estabelecerá a serviço da sociedade e para divulgar os atos do Poder Legislativo. Lembrou que a emissora é um veículo estatal e não possui objetivos financeiros e, por esta razão, tem uma grade de programação toda diferenciada das emissoras comerciais, justamente porque a Rádio Câmara tem a missão de preservar a educação, a cultura, o meio ambiente, a língua portuguesa e assegurar as garantias constitucionais do cidadão por meio do seu jornalismo.

rad2

O juiz Humberto Maçal disse que a chegada da emissora é uma grande conquista para a democracia regional e fortalece a comunicação social da cidade de Teixeira de Freitas em meio a tudo que o país está vivendo. Para ele, a Rádio Câmara será uma referência para as demais Câmaras Municipais interessadas em operar no sinal aberto, gratuito e digital, em parceria com a Câmara dos Deputados e disse, esperar da Rádio Câmara o papel exemplar de informar, debater, zelar pelos direitos e garantias e, sobretudo, pôr fim aos exageros.

O diretor de comunicação social da Câmara Municipal, jornalista e radialista Athylla Borborema, enalteceu a visão administrativa, o esforço empreendedor e a força de vontade do presidente Agnaldo da Saúde em promover resultados, ressaltando que ter alcançado a licença da emissora representa uma maior independência do Poder Legislativo. Borborema lembrou que o presidente Agnaldo conquistou as duas partes mais difíceis de se preencher no processo da Rádio Câmara, que foram a outorga e a licença de funcionamento, cumprindo em apenas 5 meses, 33 etapas exigidas e determinantes para a consolidação do projeto.

“O nascimento da Rádio Câmara nos traz uma alegria muito grande, sobretudo, porque sabemos que teremos uma emissora ao alcance da população, principalmente daquela população carente de entretenimento, de informação de qualidade e de aprendizado constante. Mas também promoveremos debates sobre temas polêmicos e de interesse público. Vamos agora cumprir à risca a determinação do presidente Agnaldo e precisamos agora fazê-la bem feita, porque somos a primeira Rádio Câmara do norte/nordeste do Brasil”, salientou Borborema.

rad1

O diretor da Rádio Câmara FM, jornalista e radialista Ezequias Alves da Costa, pontuou que a chegada da Rádio Câmara FM irá contribuir com maiores e melhores informações para as pessoas conhecerem mais profundamente os seus representantes e se abastecerem de uma comunicação aberta, educativa, alegre e de um jornalismo preciso e de bom senso. E destacou que a emissora nasceu, sobretudo, para produzir maiores e melhores informações para as pessoas conhecerem mais profundamente os seus representantes e se abastecerem de uma comunicação aberta, educativa, alegre e de um jornalismo de boa qualidade.

A Rádio Câmara FM 90,9 MHZ de Teixeira de Freitas é a 7ª emissora de Rádio Oficial da cidade. A 1ª emissora é a Rádio Alvorada AM 990 KHZ (comercial). A 2ª é a Rádio Difusora AM 580 KHZ (comercial). A 3ª é a Rádio Caraípe 100,5 FM (comercial). A 4ª é a Rádio Cidade 87,9 FM (comunitária). A 5ª é a Rádio Sucesso 104,9 FM (comunitária) e a 6ª é a Rádio Eldorado 98,9 FM (comercial).

Além da Rádio Câmara FM, a Câmara Municipal de Teixeira de Freitas ainda foi contemplada com a concessão da TV Câmara. O Ministério de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil, consignou à Câmara dos Deputados, o canal 33D (trinta e três digital), classe B, do Plano Básico de Distribuição de Carnais de Televisão Digital (PBTVD), para execução do Serviço de Radiodifusão de Sons e Imagens com Tecnologia Digital (TVD), conforme a publicação no Diário Oficial da União do dia 07 de fevereiro de 2017.

Conforme o diretor da TV Câmara, jornalista Cícero Dantas, também um dos precursores do projeto da Rádio Câmara, a emissora de TV já existe para os trabalhos internos do Poder Legislativo e vive atualmente em fase do processo de instalação de toda sua estrutura operacional em favor da sua transmissão regional que deve se consolidar até dezembro de 2017

rad

Conheça alguns nomes da programação

No time de repórteres, a Rádio Câmara FM, terá na sua programação local nomes como o do jornalista Cícero Dantas, o radialista Sammy Chagas, Milka Morais e Andressa Lima. A direção de produção dos principais quatro programas da emissora está sob a responsabilidade de Roberta Dias.

O jornalismo da emissora terá duas equipes. O primeiro programa, o “Notícias da Manhã” que será levado ao ar das 07h às 08h, será comandado pelo jornalista e radialista Ramiro Guedes, um mineiro de Teófilo-Otoni e considerado um dos grandes mestres do jornalismo regional com militância em Teixeira de Freitas desde 1992. Formado em Letras, é profissional de notório saber literário e é membro titular da Cadeira nº 07 da Academia Teixeirense de Letras.

O segundo programa jornalístico, o “Jornal do Descobrimento” que será levado ao ar das 12h às 13h30, será comandado pelo jornalista e radialista Ronildo Brito, um dos mais experientes profissionais do radiojornalismo da Bahia e já passou por importantes emissoras de rádio do Estado. O editorialista Ronildo Brito é também formado em Gestão Ambiental e vai comandar o JD liderando uma equipe de 7 repórteres na intenção de dinamizar a informação e produzir um conteúdo novo para o mercado local.

A emissora ainda estreará dois programas de debates jornalísticow com informações diversificadas. Um deles é o programa “Voz do Cidadão” que será levado ao ar das 10h às 12h e será conduzido pelo radialista e jornalista Ezequias Alves, um experiente profissional que atua no rádio desde os 8 anos de idade. Embora seja natural de Guaratinga, ele fez carreira em Belo Horizonte-MG., e atualmente é um dos espelhos no radiojornalismo regional na área do esporte. É também bacharel em Direito e se tornou um dos consultores mais experientes em projetos de concessão de rádio no país.

O outro programa do gênero é o “Câmara em Debate” que será levado ao ar das 08h às 10h e será comandado pelo jornalista e radialista Athylla Borborema, um tradicional profissional do rádio baiano que é atualmente o mais premiado jornalista criminal do Estado. Ele também é formado em publicidade propaganda, especializado em assessoria de imprensa administrativa, mestre e doutorando em jornalismo científico. Autor de 21 livros e coautor em outras três obras, inclusive autor de volumes doutrinários no jornalismo e coleciona mais de 100 prêmios literários que foram a ele outorgados no Brasil e no exterior e, já é imortalizado em 9 Academias de Letras. (Da redação TN).

Share